26 de jul de 2009

Frases Memoráveis




"E como todos os amores de Orlando haviam sido mulheres, era uma mulher que ela agora via; ela se forçou a uma longa rapsódia a respeito de sua perdida Sasha, apesar dela ser uma mulher, era uma mulher, enfim, que ela amava." Em um dos primeiros rascunhos do romance Orlando, de 1928, ela escreveu e depois retirou: Segundo alguns especialistas, Virginia Woolf teve um romance com sua colega escritora Vita Sackville-West e há rumores de que ela teve relações "íntimas" com outras mulheres. Mas seu trabalho não traz referências sexuais.


"Por quê as mulheres são... tão mais interessantes aos homens do que os homens são às mulheres?" Outra frase célebre de Virginia Woolf.



*********


"Esse amor é mal entendido nesse século, tão mal entendido que pode ser descrito como o 'amor que não ousa dizer o nome' e, por causa disso, estou onde estou agora. Ele é bonito, é bom, é a mais nobre forma de afeição. Não há nada que não seja natural nele. Que as coisas deveriam ser assim o mundo não entende. O mundo zomba desse amor e, às vezes, expõe alguém ao ridículo por causa dele." Os anos de triunfo de Oscar Wilde acabaram de modo dramático. Responsável por peças, textos e epígrafes geniais, é dele a mais famosa frase sobre o amor gay e que perdura há mais de 100 anos, ‘o amor que não ousa dizer o nome’.


*********


"A Força Aérea me condecorou por matar dois homens e me expulsou por amar um." Notícia publicada no jornal da época. Trata-se da Guerra do Vietnam que teve a duração de 15 anos: 1959 a 30/4/1975. Uma das frases mais contundentes do ano foi extraída do noticiário internacional da época. Resume o desabafo de um ex-combatente do Vietnam, Leonard Matlovich, expulso do exército americano depois que se descobriu que ele era homossexual.



1 comentários:

Gisele De Marie disse...

AMEI TUDO! Essa do cara condecorado por matar dois homens e expulso por amar um é demais! E..bom a Virginia se já sabe que amo... Posso dizer que creioa que ela amoou a Vitta e se apaixonou por outras, mas mais platonicamente. Sua doença a impedia de muitas coisas e tira sérios problemas em relação ao próprio corpo, mas posso estar enganada. Beijão querida!

As + da Sappho